Vampiros Emocionais até no Second Life?


Sim, lógico! São os vampiros emocionais reais que criam um avatar no Second Life e agem com os outros exatamente como o seu desequilíbrio exige e muitas vezes de forma mais patológica e inconsequente, pois estão “protegidos pelo anonimato”. Já esbarrei em pelo menos uma dúzia deles, de ambos os sexos. Sugam nossa energia, cobram nosso afeto e reagem com agressividade e rancor quando percebem que nós, os seus alvos, não caimos nas suas artimanhas e melindres.  Podemos até classificá-los em algumas “categorias” e alguns deles pertencem a mais de uma delas inclusive:

Vampiro puxa-saco: Não precisa explicar muito, o cara gruda em você e parasita na sua sombra te cobrindo de elogios e ele faz questão de dizer para todos o quanto vocês são amigos e unidos, são os mais “sem-noção” do metaverso e cada elogio soa tão falso quanto uma nota de 3 reais. O melhor é ignorar e se afastar.

Vampiro generoso: Ele te enche de favores (lindens, objetos, presentes) e ajuda “sem interesse”. Você se sente como se tivesse que viver mil vidas para poder retribuir tanta generosidade. Mostre que você não precisa da ajuda dele, que você pode fazer sozinho – a não ser que não se importe em viver com essa sensação de estar sempre em dívida.

Vampiro possessivo: Seja amigo ou parceiro, ele demonstra mágoa e até mesmo agressividade toda vez que percebe que  você tem algum interesse em estar com outras pessoas ou exercendo alguma outra atividade que não seja estar ao lado dele. Deixe claro que você não permite que sua segunda vida seja controlada por ninguém, ela é sua e você faz o que você quiser (desde que tenha respeito pelos outros).

Vampiro vítima: Coitadinho desse… vive chorando e em depressão. Seus problemas reais fazem com que ele pense que você é algum tipo de terapeuta ou mãe dele online. Tudo o que ele quer é que você sinta pena dele. Com esses, você não precisa ser mal educado, mas sutilmente pode demonstrar o seu desinteresse pelas tragédias vividas pela pobre criatura. Numa amizade verdadeira mesmo dentro do Second Life nos preocupamos com nossos amigos, mas quando a criatura mal se aproxima de você e já vem contando todo o drama da sua triste vida, abra o olho!

Vampiro conselheiro: Você nem tem intimidade com ele e ele já chega falando “olha, se eu fosse você…”, “quem avisa amigo é…”. A menos que você tenha pedido conselhos, tenha cuidado… seja direto, diga que não está interessado. Em geral esses tipinhos estão mesmo é com más intenções e tentando atingir alguém. Recordo até de um caso de uma ilustre desconhecida “preocupada” comigo fazendo fofoca, sendo que na verdade estava interessada em prejudicar outra pessoa.

Vampiro barraqueiro: Esse só tem um objetivo: causar! É o mais fácil de identificar. Seus objetivos são provocar, irritar e prejudicar e geralmente são destituídos de inteligência. Por mais absurdas que sejam as suas acusações, ofensas e ameaças, o melhor é parar, respirar fundo, em off esclarecer as pessoas envolvidas caso seja necessário e ignorar o ser totalmente, a menos que você queira passar muita raiva. 

Vampiro invejoso: Tipinho dos mais podres, é incapaz de ao menos manter uma atitude neutra perante o sucesso alheio. Não consegue se dar bem nem na segunda vida de tão incapaz que é, adora o que é dos outros e botar defeito no que é dos outros. Ele repara em você o tempo todo. Coisa das mais comuns no SL – ou eles te imitam ou tentam tomar o que é teu.

Vampiro tagarela: Esse fala, fala, fala… ou melhor… escreve, escreve, escreve… haja ouvidos e olhos. Os mais perigosos são os bons de papo e eles se orgulham da sua eloquência. Melhor dizer que está com dor de cabeça ou com sono e dar um offline básico.

Vampiro do amor: Para aqueles que sonham com um grande amor no Second Life – cuidado! a sua cara-metade em forma de pixels pode ser um vampiro que suga todas as suas energias como um parasita da alma e não te deixa respirar. Todas as suas atitudes são sempre justificadas com o amor que sente por você.

É isso avatares… vamos tentar viver nossas segundas vidas longe de neuras, escândalos, artimanhas, casos orquestrados e demais situações típicas dessas pessoas que existem pra tornar nossas (segundas) vidas um inferno.

23 Respostas

  1. amiga vick, como separar o ego do alter ego? ahuahuauh. q conheci?! só fernando pessoa foi brilhante com altergos, seus heterônimos …. mas, concordo com vc, abrir os olhos pixelados nunca é demais, certo? é isso. sl ou rl, mesma coisa. atenção, somos apenas humanos d+.

    abs povo e pova = ]

    julho 11, 2009 às 14:53

  2. Vick Spitteler

    pô TH… não me faça pergunta difícil… rsrsrs

    julho 11, 2009 às 16:27

  3. Lotus

    Caraca Vick…me identifiquei em pelo menos uns 3 ou 4 vampiros de sua lista!!!!!!!!! HUAHAUHAUAHAUAHAUAHAUAHAU

    Muito bem escrito…parabéns! Beijo!

    julho 11, 2009 às 22:55

    • Vick Spitteler

      é normal exercer algum desses papéis esporadicamente… o problema é quando não existe limite…

      julho 11, 2009 às 23:29

  4. Daniela

    Oi, seguinte, uma amiga minha fez SL recentemente e na inocência dela caiu nas garras de um vampiro aceitando virar uma tb. Você sabe como reverter isso? Quero ajudá-la mas acho q só fazendo SL de novo e deletando esse não?! Obrigada.

    dezembro 13, 2009 às 16:59

    • Vick Spitteler

      Não entendi Daniela… vc deve estar falando de algum RPG… eu to me referindo no post a comportamento de algumas pessoas dentro do Second Life.

      dezembro 13, 2009 às 19:55

  5. Luiza Monte

    Quando é um relacionamento amoroso, podemos terminá-lo.
    E quando a questão é com o próprio filho de 32 anos.
    Ele tem todas as características da sociopatia branda. Se relaciona de maneira perversa com as namoradas. Mas eu sou a mãe e estou a caminho de dificuldades financeiras.
    Como conviver com o amor filial?
    Abraços

    janeiro 15, 2010 às 20:05

  6. Aiiin! Merecia tanto subir! *___*
    xero momi

    janeiro 26, 2011 às 1:23

  7. daniela

    nossa eu tenho uma amiga no second life ela falou pra mim que é vampira, ela falou se eu queria ser vampira também eu disse que sim,mais no final acabei desistindo, vampiros no second life pode ficar invesivel, saber quem é vampiro ou não um monte de coisa adorei, mais a minha amiga vampira do second life ela é legal, e um pouco puxa saco

    abril 12, 2011 às 20:36

    • Daniela, vampiros emocionais são um termo genérico para designar pessoas que sugam nossas energias… diferente de ser um vampiro no second life, brincando de RPG… são coisas bem diferentes.

      abril 12, 2011 às 22:01

      • marcia

        ei como e que faiz para entrar no second life sou nova

        outubro 11, 2011 às 21:33

  8. Pingback: Black Angel SL – Vampiros, góticos, filmes, livros, jogos...

  9. Lady Ni

    Não precisa ser vampiro pra ser nada do seu texto.
    O mundo ta cheio de humanos com tais características.
    Assim como ainda existem sim gentes sinceras que são muitas vezes tomadas como boba com algumas caracteristicas citadas.
    As vezes :
    puxa-saco: GOSTA DE VC
    generoso: GOSTA DE LHE AGRADAR
    possessivo: SE MAGOA COM SUA DUREZA
    conselheiro: SE IMPORTA COM VC
    ETC…
    Ser vampiro no SL nada mas é que um jogo ,pode ser ser muito divertido até .
    vc e mordido não vira vampiro ou morre como pensam ,sua alma vai pro limbo rss e vai virar um pontinho no jogador e dai ?
    vc sabe que e limbo?
    Se voce não for um vampiro pra se auto scaniar vc sabe que ta no limbo?
    seu avatar tem alma?
    Pq ate onde sei alma do seu av é sua essa não foi tocada ta longe rsrs.
    Então acho que pessoa não precisa gostar de tudo na vida, mas não existe necessidade de odiar nada isso e ser boa gente rsr
    VIVER A VIDA DO JEITO QUE E ELA É FAZER MAS POR VC MESMO E CRITICAR MENOS OS OUTROS.
    KISS

    outubro 18, 2011 às 19:55

    • Ih cara… que viagem a sua Lady… rsrsrs

      O post não tá falando de vampiro de RPG, e sim de vampiros emocionais, um termo comum da psicologia para retratar pessoas que tem determinados comportamentos e como elas agem no Second Life…

      Relaxa…

      outubro 19, 2011 às 8:05

  10. to achando muito 1000!!!!!!!!!!!! ☻

    dezembro 19, 2011 às 18:40

  11. thais

    me ajude fiquei muito interessada nesse jogo quero participar como faço para entrar no SL

    maio 2, 2012 às 18:50

  12. legal

    julho 5, 2012 às 19:49

  13. ola pessoal

    julho 5, 2012 às 19:50

  14. eduarda

    isso funciona como??
    como viro um vampiro lá?
    como sobrevivo?
    quando vivo vampira , automaticamente fico uma vampira emocional no second life?
    gostaria de jogar sou fanatica por vampiros.
    sugar energias? como isso funciona? tenho que sugar energias das pessoas para viver certo ? mais como acontece todo esse processo?

    abril 27, 2013 às 14:57

    • Fico impressionada com a quantidade de pessoas que vem aqui nos coments e não entende nada. “Vampiro emocional” é um termo empregado na psicologia para definir personalidades patológicas que vivem de sugar a energia alheia. Não tem nada a ver com se tornar um vampiro propriamente dito… rsrs

      maio 26, 2013 às 18:45

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 144 outros seguidores