Publicações

Tropicalia Magazine, Ed. 06

.

Há alguns dias atrás comemoramos nossa maior festa, o carnaval. Nosso tema traça um perfil do Carnaval no mundo, mas principalmente no belíssimo Carnaval de Veneza. Veja ótimos looks compostos pelas queridas Laylinha Tomsen, MokaTana Boa, Vick Spitteler e Stu Reyes em I s2 Fashion. Vick nos apresenta alguns dos lançamentos dos nossos Tropicalians em Newsphere. Conheça também quatro blogs que você não pode deixar de visitar, em Blogsphere.

Silton Mindes inspirado pelo tema principal visita Venexia. Não podia ser outro lugar! E não esqueça de dar uma olhada nas fotos selecionadas em “That Tropicalia Feeling”.

Clique na imagem para ler a edição atual !!

Tropicalia Magazine 05

Aproveite para ‘rankear’ nossa revista e clicar em ‘like’.

Esperamos que vocês gostem! Boa Leitura!


Pin-up Mania

Por Vick Spitteler

Como de costume, publicamos aqui a versão em português do artigo principal da Tropicalia Magazine Edição 4.  Para conferir esta edição, clique na imagem.

Talvez uma das maiores expressões do erotismo sem vulgaridade que inspira artistas e designers. Adotar o estilo pin-up requer a observação de algums detalhes: mulheres sensuais, de curvas muito generosas, seios volumosos e quadris grandes fotografadas e ilustradas com ar ingênuo e pose provocante e desproposital. Sem querer, a saia enrosca numa cerca ou é levantada pelo vento e as pernas torneadas vestidas com meia-calças e cinta-liga ficam à mostra. Sim, a cinta-liga é quase obrigatória, o figurino retrô, cabelos vintage, pele alva e batom vermelho. As cores estão sempre presentes, imperando o vermelho e navy. Nas estampas, a escolha de bolinhas é quase certeira, mas não única. As pin-ups são também alegres e sorridentes, além de ingênuas e sensuais.

Pin-ups são as deusas do imaginário masculino americano do começo do século passado e surgiram nas mãos do artista plástico peruano Alberto Vargas (1896 – 1982) que ficou fascinado pela beleza e estilo das garotas americanas quando se mudou para Nova Iorque em 1916. O sucesso aconteceu quando a revista Esquire nos anos 40 passou a publicar calendários feitos por Vargas e durante a segunda guerra mundial as pin-ups viraram símbolo patriota americano e a beleza delas era cultuada pelos soldados, que costumavam pendurar suas fotos nas paredes dos alojamentos. A revista Playboy também tem íntima relação com as pin-ups – desde o seu lançamento em 1953 elas ilustraram suas páginas. O cinema também se rendeu às pin-ups: em Hollywood Marilyn Monroe e Jayne Mansfield e na Europa Sophia Loren e Brigitte Bardot foram suas principais representantes nos anos 40. Contudo, o maior ícone das pin-ups foi Bettie Page que emprestou sua beleza a revistas masculinas, calendários, cartas de baralho e outdoors nos anos 50. Bettie é conhecida como a “rainha das pin-ups” e nos anos 60 houve a fusão das pin-ups com a Pop Arte imortalizada em trabalhos de Andy Warhol, Roy Lichtenstein e Mel Ramos. As pin-ups perderam o seu espaço para a indústria pornográfica dos anos 70, contudo nunca deixaram de estar presente na cultura e imaginário masculino.

Ser pin-up no Second Life nunca esteve tão na moda. E é bastante comum a criação de calendários pin-ups utilizando avatares como modelos. No final de 2009 a designer Patou Dumont criou um calendário pin-up para ser utlizado como walpaper de desktop e o disponibilizou para download. Naquela época a fotógrafa Ludmila Larnia criou um set de fotografias intitulado fruit calendar totalmente inspirado nas pin-ups. E para quem quer ser pin-up, Artilleri e Ingenue são duas lojas quase totalmente dedicadas ao estilo retro e pin-up. Nelas é possível encontrar roupas, cabelos, acessórios e outros itens de excelente qualidade. Icing é outra loja que oferece alguns bonitos outfits e lingeries podem ser encontradas em lojas como Ohlala, no sim Tableau. Para quem gosta de garimpar por itens mais exclusivos, vale a pena uma busca pelo marketplace, onde é possível encontrar muita coisa interessante oferecida por marcas menos conhecidas. Não importa se é para adotar o estilo full time, fazer algumas fotos ou somente participar de uma festa temática, ser pin-up é tudo de bom. E você, está pronta para se render?


Tropicalia Magazine Edição 4

Por Vick Spitteler

Queria primeiramente dizer que participar da criação de uma revista é uma delícia e que mais uma vez Thereaver Barrymore, mesmo com um final de ano super tumultuado, fez um trabalho maravilhoso, como sempre. Nesta edição, damos as boas vindas a duas talentosas blogueiras que se juntam ao nosso time e compartilham belíssimos looks em I ♥ Fashion: Mokatana Boa  do Moka’s Way e Ananda Shostakovic do Ananda’s Wardrope. Se você não conhece ainda os seus blogs, vale a pena uma visita. O tema da revista é uma delícia: entregue-se à Pin-up Mania no Second Life! Tem mais: na Newsphere confira uma seleção de lançamentos das marcas que participam do Tropicalia Bazaar I e II, encante-se as lindas imagens feitas por Silton Mindes de Kingdon of Sand em The Best Horizon, veja a seleção de mais quatro excelentes blogs em Blogsphere e as fotos mais bacanas dos looks feitos com produtos do The Tropicalia Bazaar I e II que chamaram nossa atenção em That Tropicalia Feeling. Boa leitura!

Clique na capa para acessar a revista.


Pixografia

Por Vick Spitteler

Artigo publicado em inglês na Tropicalia Magazine Issue 3

Texto: Vick Spitteler e Thereaver Barrymore

Pixografia – (fotografia de pixels) não temos certeza sobre a existência oficial desta palavra, mas é a forma como alguns se referem à fotografia no Second Life e sem duvidas é um dos passatempos preferidos de grande parte de seus residentes. Contudo o papel da pixografia ou fotografia no Second Life é muito mais abrangente, sendo responsável por despertar emoções e desejos.

A fotografia no Second Life surgiu com a necessidade de se registrar momentos divertidos e compartilhá-los com os amigos nas redes sociais. Muitos se dedicam a fotografar eventos como casamentos, festas, editoriais de moda, fotos para perfis e com isso tornaram-se requisitados dentro do Second Life. Os mais talentosos tem na fotografia uma fonte de renda. Há ainda aqueles que fazem fotografia para alimentar blogs de moda, outro passatempo dos mais populares no Second Life.

Foi em 2007 que as pessoas começaram a tomar gosto por criar avatares mais interessantes e também trabalhar com fotografia voltada para moda, uma vez que o número de criadores aumentou e era preciso divulgar os produtos de maneira que atraísse o desejo dos consumidores. Com skins melhores e com a introdução do WindLight em novembro de 2007, surgiu uma safra de fotógrafos dentro do Second Life. O WindLight é um sistema de renderização atmosférica que potencializa os efeitos visuais 3D da atmosfera (céu, luzes, e outros aspectos visuais tais quais reflexos na água).

Em maio de 2009 o Second Life apresentou um novo sistema de renderização que possibilitava a visualização de sombras. Com isso foi dada a largada definitiva para o surgimento de mais fotógrafos e aqueles que dispunham de boa placa de vídeo conseguiram ótimos resultados ao ativar as sombras e usar delas como um recurso a mais na hora da fotografia. Sem dúvidas as sombras trouxeram maior realismo ao Second Life. Poucas eram as pessoas que conseguiam ou conseguem suportar a demanda de alto processamento e memória que as sombras exigem. Ainda hoje não é fácil rodar sombras em máquinas de desempenho medianas. Uma boa placa de vídeo com processador e muita memória garantem o funcionamento das sombras, mas também hoje dependemos de Viewers compatíveis e funcionais como o Oficial da Linden ou dos Terceirizados como Firestorm, Singularity e Kirstens Viewer, sendo que este último, no momento de escrever o artigo, encontrava-se desativado. Com esse boom de fotógrafos em 2009 muitas pessoas se destacaram, e a sombra foi definitivamente o detalhe que faltava para impulsionar e inspirar as pessoas a capricharem cada vez mais em suas fotos, locações, avatares e roupas. Muitos aprenderam novas técnicas, outros desenvolveram aquilo que já dominavam. Softwares como Adobe Photoshop e Gimp (freeware) passaram a ser ferramentas quase obrigatórias na hora de editar uma fotografia.

Hoje é possível enumerar vários fotógrafos muito admirados dentro do Second Life. Alguns deles entendem muito bem de enquadramento, perspectiva, cenário e composição. Há ainda aqueles que sabem manipular as imagens em softwares e transformar suas fotos em verdadeiras composições artísticas.

Ainda em 2007, Angelah Tokio e Didih Merlin ganharam reconhecimento por fazerem belas fotografias manipuladas com perfeição. Já Strawberry Singh é um exemplo ótimo de fotógrafa que não realiza grandes manipulações em seus trabalhos. São ângulos, roupas, cenários e iluminação perfeitamente equilibrados. Strawberry geralmente fotografa para seu próprio blog e esporadicamente faz fotos para clientes. O blog de Strawberry é um dos mais famosos do Second Life, provando que para ter sucesso como blogueiro de moda é essencial saber fotografar bem.

Aida Ewing e Graphic Dix são especialistas em composição visual. Aida é designer da loja de skins Glam Affair e tem feito belíssimas fotos para suas skins e tamanho é o sucesso de suas composições que, juntamente com seu partner, lançou um blog voltado à moda excêntrica e luxuosa. As fotos são de tirar o fôlego, sempre muito leves e bem iluminadas. Os trabalhos de Graphic Dix são perfeitos, de realismos absurdos e realmente inspiradores. Ele é designer na vida real e isso o ajuda muito. Mas para ser um bom fotógrafo no Second Life, ser profissional na vida real não é um requisito obrigatório. Recentemente Graphic Dix disponibilizou no blog da Modavia um tutorial sobre como usar sombras e luzes projetadas em superfícies.

Seria injusto deixar de citar tantos fotógrafos talentosos no Second Life, mas nos atrevemos a fazer uma pequena seleção para servir de inspiração: Ahmad Hosho, Kikunosuke Eel, JR Breed, Skip Staheli, Vega Arida, Petra Messioptra, Del May, Luaflor Moo, Mokatana Boa, Estela Parx, Paola Tauber, Cala Rossini, Miaa Rebane, Valeria Endrizzi, Ruriko Bracken, iQLia SLunce e Kallisto Destinyl. Todos eles possuem conta no flickr, a rede social de compartilhamento de imagens mais popular entre os residentes do Second Life.


Tropicalia Magazine Edição 3

Por Vick Spitteler

Mais uma edição está no ar! Tropicalia Magazine Issue 3 fala da fotografia no Second Life, chamada por alguns de pixografia. Traz também um editorial especial – Vintage Days – com lindos outfits lançados na Vintage Fair. Looks de arrasar no I S2 fashion feito pelo nosso super time – Laylinha Tomsen, Silton Mindes, Stu Reyes, Thereaver Barrymore e Vick Spitteler – para te inspirar. Em blogsphere selecionamos quatro blogs superbacanas femininos e masculinos – vale a pena clicar. The Best Horizon mostra todo o charme de Country Club aos olhos de Silton Mindes e finalizando, The Tropicalia Feeling expõe mais uma seleção de fotos compartilhadas na nossa página do flickr com ítens do The Tropicalia Bazaar. Para ler Tropicalia Magazine, clique na capa.


A moda nos move

Por Vick Spitteler

* Artigo originalmente publicado na Revista Tropicalia Magazine Edição 2.

O Second Life pode não ter sido o grande sucesso como muitos previram em meados de 2006 e 2007 e nem é este o objetivo deste artigo, mas ainda assim, não deixa de ser grande e de ter números expressivos. Os cerca de um milhão de residentes espalhados pelo mundo compram o equivalente a uma média de dez milhões de dólares americanos em linden dollars por mês, conforme dados divulgados pela Linden Lab a poucos dias atrás. Na sua grande maioria, os residentes são comandados por pessoas ávidas por consumir e dentro desse universo de ofertas apresentadas, grande parte disso está direcionada a produtos para melhorar a aparência dos avatares, ou seja: moda. É por isso que a moda nos move.

Em meados de 2003 uma norte americana criou uma conta no Second Life: Nephilaine Protagonist é o nome do seu avatar e ela foi uma das pioneiras no mundo novo feito de pixels. Ao criar sua marca de roupas por pura diversão, a Pixeldolls, mal tinha idéia da proporção que a brincadeira tomaria. Nephilaine Protagonist chegou a faturar dez mil dólares por dia vendendo suas criações no Second Life e foi protagonista do documentário Ideal Life, produzido em 2005 e exibido em vários países, inclusive no Brasil. A Pixeldolls ainda existe, contudo perdeu mercado, a concorrência que era inexistente na época de seu auge tornou-se grande e praticamente fora de controle. Hoje são milhares de lojas oferecendo milhões de produtos.

Nephilaine Protagonist

Vimos muitas revoluções no mundo da moda no Second Life. Desde a introdução dos sculpts que possibilitaram aos criadores maior liberdade e criatividade à recente introdução no mesh, que começa a ser explorado por muitos dos criadores de roupas e acessórios.

Atualmente, mesmo com números provavelmente mais modestos, uma infinidade de criadores ainda tem o Second Life como fonte de renda. É verdade que alguns não conseguiram manter isso por muito tempo, mas ainda assim muitos tem transformado criatividade em lucro, pois sempre vai haver espaço para qualidade e profissionalismo.

No universo da moda no Second Life, não basta ser um bom designer e produzir itens com qualidade. Muitas das regras de gestão aplicadas às empresas reais podem e devem ser utilizadas no Second Life e é por isso que as grandes marcas no Second Life tem em seu staff profissionais responsáveis pelo marketing. Esses profissionais tem por função identificar oportunidades, seja através de parcerias, participação de eventos, feiras, lojas de descontos, desfiles e ainda coordenam o que é divulgado em blogs de moda, criando grupos de blogueiros onde são oferecidos os seus itens para avaliação. A divulgação dessas marcas também é intensa, através de grupos de moda e publicidade em revistas e blogs. Para ser lembrado, é preciso ser visto.

Recentemente uma nova onda de blogs sobre moda no Second Life vem surgindo e muitos deles são realmente muito bem produzidos e recebem muitas visitas. Para esses residentes, criar e manter um blog é um divertido passatempo. Os melhores e mais conhecidos blogs passam a divulgar suas marcas preferidas, ajudando a movimentar o mercado da moda.

Há sempre grandes eventos de moda acontecendo, mas certamente um dos maiores foi realizado no mês passado: o Modavia Fashion Week (MFW). Diversas marcas renomadas apresentaram criações exclusivas e lançamentos em uma semana dedicada inteiramente à moda. O evento foi um grande sucesso e gerou um tráfego na ordem de 50K. A Modavia Fashion Week é um evento de moda anual promovido pela Modavia Productions, liderado por Poptart Lilliehook. Este ano, foram 50 marcas participantes e dentre eles estão Azoury, Giereh e Indyra Originals que atualmente oferecem seus produtos no evento de descontos The Tropicalia Bazaar. Giereh Thorr, designer da Giereh, acredita que, participar de um evento deste nível, é muito importante para lojas que ainda não caíram nas graças do público e ele se diz lisongeado por ter seu trabalho reconhecido e por ter sido convidado a dividir a passarela com marcas tão especiais e designers tão talentosos. Indyra Seigo, a talentosa designer da Indyra Co, levou à MFW elegância com chapéus e acessórios sofisticados, fruto de um design impecável e a Azoury atualmente aposta nos sapatos em mesh.

Também em setembro, a Linden promoveu um bate-papo entre especialistas, donos de blogs e residentes sobre moda em seu fórum e blog oficiais, o Second Life Fashion Experts. A Tropicalia Magazine foi bem representada por Thereaver Barrymore, Vick Spitteler, Lotus Mastroianni e Laylinha Tomsen. Dividimos posts e idéias com Iris Ophelia, Felicity Blumenthal, Frolic Mills, Sasy Scarborough, Whimsy Winx, Harper Beresford, PopTart Lillehook, Casja Lilliehook, Gidge Uriza, Strawberry Singh, Lily Karlsba e Ponino Oh. Foram quatro dias de evento entre diversos tópicos relacionados a moda. Assuntos como o mesh a lojas de destaque fizeram parte do fórum. No blog oficial da Linden cada um dos participantes escreveu um post que ficou em destaque na página oficial do Second Life.

Levando em consideração todos os fatos apresentados, podemos afirmar que a moda vista por alguns como sendo algo superficial e sem tanta importância na realidade é a base da economia no Second Life, onde só sobrevivem aqueles que tem talento, seriedade e profissionalismo.


Tropicalia Magazine Issue 2

Por Vick Spitteler

Com muita alegria lançamos a Segunda Edição da Tropicalia Magazine. A primeira edição foi um grande sucesso e nos encorajou a continuar. Nesta edição, o artigo principal fala sobre o mundo da moda no Second Life, desde os seus primórdios até hoje, onde cada vez mais é preciso profissionalismo, criatividade e seriedade e mostrando que a moda é a base da economia no Second Life. E como bons amantes da moda, Laylinha Tomsen, Lotus Mastroianni, Silton Mindes, Stu Reyes, Thereaver Barrymore e Vick Spitteler trazem looks para a sua inspiração. Fizemos ainda uma seleção de blogs incríveis sobre moda no Second Life na seção Blogsphere e Silton Mindes capturou toda a beleza do sim Zigara em The Best Horizon. Ainda temos uma seleção de fotos de looks feitos com ítens do The Tropicalia Bazaar entre as que foram inscritas no grupo The Tropicalia Bazaar no flickr. E é claro, não poderia deixar de citar o trabalho impecável de design e editoração de Thereaver Barrymore.

Boa leitura! Para ler Tropicalia Magazine Issue 2, clique aqui.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 158 outros seguidores